domingo, 30 de outubro de 2011

Aprisionado

                                                                     Foto arquivo pessoal



Não se aproxime eu não quero te ferir
Não tente me amar você sofreria,
Estou preso em minha fortaleza, a minha cela é um limbo e a tocar-me você se sujaria toda,
Sou a escória do mundo, desafiei as forças do bem,
Foi sentenciado que eu viveria só, sem contato com o mundo real cumpro a minha sentença,
Mas, afinal o que seria pior?
Fazer a passagem?
Viver atolado nesse túmulo de merda?
Ou ser absolvido e continuar vivendo nesta bosta de sociedade corrupta voltada a interesses
próprios?
Todos reclamam que a vida é uma droga,
Mas, o que tens feito para mudá-la?
Tens medo do castigo?
Que tal o limbo como recompensa?
Estou perdido, porém não tente salvar-me eu acabaria levando-te comigo,
Tenho muitos pecados,
Não quero ver-te sofrer,
E tão pouco ser responsável pela a sua desgraça.



Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar , exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas e nem fazer uso comercial sem a devida permissão do autor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário